A montadora BMW se uniu à companhia alemã de logística SCHERM para trazer para sua fábrica em Munique o primeiro caminhão movido à eletricidade a rodar pelas estradas públicas europeias. Até então, o veículo de 40 toneladas, modelo Terberg YT202-EV, só era empregado em áreas de tráfego restrito, como vias portuárias.

O caminhão foi desenvolvido pela empresa holandesa Terberg, e será utilizado para transportar peças de carros entre a fábrica da BMW e os depósitos da SCHERM oito vezes ao dia, segundo comunicado publicado pela montadora em seu site. A adoção do modelo elétrico por uma companhia de porte tão grande é um grande passo para a tecnologia de combustíveis renováveis.

Na nota à imprensa, o chefe de logística da BMW, Jürgen Maidl, disse que esse projeto trará valiosas informações a respeito da utilização de caminhões elétricos dentro da logística das cidades no futuro. Sem a queima de combustível, o veículo elétrico vai deixar de emitir 11,8 toneladas de CO2 anualmente, quantidade produzida por um caminhão movido a diesel no mesmo período.

A carga completa das baterias do Terberg demora entre três e quatro horas e permite uma autonomia de aproximadamente 100 quilômetros sem a necessidade de uma nova recarga. Isso é o suficiente para realizar as oito viagens diárias planejadas para o caminhão. Especialistas afirmam que é no setor de logísticas que os veículos elétricos realmente farão diferença, uma vez que o consumo médio de combustível desses é muito maior do que um carro popular, e a BMW parece ter percebido exatamente isso.