Uma cidade da Nova Zelândia chamada Christchurch sofreu um terremoto devastador em 2011 e, em algumas regiões, o solo da cidade se transformou em uma espécie de líquido.

O fenômeno é muito curioso e despertou o interesse de vários cientistas especializados em tremores sobre essa possibilidade até então desconhecida. Para ajudar nos estudos, um caminhão de 30 toneladas está sendo levado para essa cidade para simular terremotos.

O veículo é este que você vê nas imagens. Ele carrega um dispositivo que gera as vibrações e, quando é posicionado no chão, consegue simular tremores muito parecidos com os de um terremoto natural. O alcance desses tremores não foi especificado, mas é de se imaginar que isso depende muito da composição do solo local.

Considerando que o solo de Christchurch passou por um processo de liquefação por causa de tremores, podemos concluir que a região é bem frágil ou que a frequência do tremor de 2011 foi tão alta que conseguiu destruir a estrutura do chão do lugar.

Esse caminhão foi desenvolvido pela Universidade do Texas e existem dois outros modelos similares, mas esse em questão, conhecido como T-Rex, é o mais potente, conseguindo aplicar até 250 kilonewtons no chão. Ele está a caminho da Nova Zelândia para a realização dos estudos enquanto os outros permanecem nos EUA.