(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

O fotógrafo Mario Aldecoa perdeu uma câmera de R$ 2,7 mil, mas ganhou uma história que não tem preço. Há oito meses, ele viu o fim de seu equipamento profissional em seu outro emprego, o Everglades Alligator Farm, uma área ambiental com centenas de jacarés de várias espécies – até uma reviravolta no caso, ocorrida na semana passada.

Realizada no início deste ano, a sessão já havia rendido uma foto, com Aldecoa posicionado há poucos metros dos jacarés. No entanto, um deles se aproximou perigosamente e atacou o equipamento, que foi para o fundo do lago. O fotógrafo até tentou salvar o tripé, mas não adiantou. No dia seguinte, acompanhado de funcionários do local, ele retomou a busca, mas nada foi encontrado.

(Fonte da imagem: Reprodução/Mario Aldecoa)

Oito meses depois, um dos tratadores de jacarés notou que um dos animais tinha um estranho equipamento preso em uma das patas – a mesma câmera de Aldecoa, suja e sem funcionar, mas quase intacta. O cartão SD do aparelho, entretanto, foi recuperado e proporcionou a foto que você vê acima, tirada minutos antes do ataque, com vários pares de olhos de jacarés encarando o sujeito.

Ainda assustado, Aldecoa disse estar surpreso em ter a câmera de volta, mesmo sem utilidade, e prometeu não baixar a guarda nas próximas sessões de fotos.

Cupons de desconto TecMundo: