(Fonte da imagem: Divulgação/Fujifilm)

Comprar uma câmera nova não é uma tarefa simples, já que exige que você compare vários modelos e marcas para saber exatamente qual vai atender melhor ao que você precisa.

A XP50, da Fujifilm, é uma câmera pequena que faz vídeos em 1080p (Full HD) e que é dotada de um corpo à prova d’água — que é também resistente a quedas, frio e poeira —, características interessantes para quem está buscando um equipamento novo para levar consigo para qualquer lugar.

Confira nesta análise o que mais chamou a atenção ao testarmos esta câmera, quais são os pontos que poderiam melhorar e saiba se realmente vale a pena considerar este modelo na hora de decidir qual será a sua próxima máquina fotográfica compacta.

Fujifilm Finepix XP50: especificações

  • Número de megapixels efetivos: 14.4;
  • Sensor CMOS de 1/2.3 polegadas;
  • Armazenamento interno: aproximadamente 95 MB;
  • Qualidade máxima de gravação de vídeo: 1080p (Full HD);
  • Formatos de imagem: JPGE e H.264 (MOV);
  • Lentes: Fujinon com zoom óptico de 5x;
  • ISO: Auto, ISO 100 / 200 / 400 / 800 / 1600 / 3200;
  • Abertura mínima/máxima: F3.9/F8;
  • Modo panorâmico;
  • Detecção de rostos;
  • Foco automático por região ou central;
  • Visor LCD de 2.7 polegadas;
  • Bateria de íon-lítio NP-45A;
  • Dimensões aproximadas: 99,0 x 67,8 x 25,6 mm;
  • Peso: aproximadamente 175 g com a bateria e 155 g sem a bateria;
  • Preço aproximado: entre R$ 575 e R$ 799.

Aprovado

Corpo à prova d’água

Essa vantagem é perfeita para quem quer uma câmera versátil para levar nas férias, já que ela permite capturar imagens embaixo da água sem precisar de um case especial para isso. Além da água, a XP50 é resistente também a quedas (até 1,5 metro de altura), frio extremo (até -10 °C) e poeira, como areia.

(Fonte da imagem: Divulgação/Fujifilm)

Alguns cuidados, no entanto, precisam ser tomados: não abra em hipótese alguma as travas da bateria quando estiver com ela submersa ou molhada, já que essas partes internas não podem receber umidade. Ela possui uma abertura única para a bateria, cartão e cabo USB, que é trancada com duas travas para máxima segurança.

Certifique-se de que todas as partes móveis da câmera estão bem travadas e de que os botões externos não estão danificados, já que apenas o seu exterior é à prova d’água. Tomando esses cuidados, você pode mergulhar a câmera até 5 metros de profundidade tranquilamente; é recomendado, no entanto, deixar a máquina no automático e mexer o mínimo possível nos controles e botões.

Qualidade das imagens

Quando se analisa uma câmera compacta, é preciso ter em mente que os resultados não serão comparáveis com os de uma câmera profissional. Mesmo assim, a XP50 consegue tirar imagens com uma qualidade boa, mais do que suficiente para quem quer usar as fotografias no computador e nas redes sociais.

A qualidade das imagens é boa para uma câmera compacta como esta. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

A nitidez de detalhes deixa um pouco a desejar, principalmente em linhas e objetos menores, porém as cores são vivas e com um bom balanço de branco, algo importante para que as imagens não fiquem muito saturadas ou “lavadas”. As fotos são boas o suficiente para serem impressas em tamanhos pequenos (máximo 10x15 cm, as dimensões normais de uma foto impressa), para o uso doméstico apenas.

Se comparadas com outras câmeras compactas, as imagens da XP50 são muito boas e ficam dentro da média quando o assunto é qualidade. Para vídeo, este modelo permite gravar em Full HD, porém isso diz respeito apenas à dimensão do material final, e não necessariamente à sua qualidade — é preciso ter isso em mente.

Ela conta com um estabilizador que diminui as chances de a imagem sair tremida. (Fonte da imagem: Divulgação/Fujifilm)

A qualidade de vídeo desta câmera segue a mesma lógica da para as fotos: ela resulta em materiais com qualidade para registrar momentos caseiros e com um tamanho suficiente para serem vistos mesmo em televisões enormes, mas não chegam nem perto de substituir uma câmera profissional quando o assunto for a criação de vídeos com propósitos mais avançados.

Ajustes de cena e imagem

Esta é uma câmera bem simples, que não conta com dezenas de efeitos e controles manuais, porém ela traz ajustes fáceis e completos para uma boa quantidade de situações diferentes. O diferencial aqui é um modo de cena automático contendo os 6 cenários mais comuns: macro, iluminação traseira, noite, retrato, retrato à noite e paisagem.

Você aponta a câmera e pressiona metade do obturador e ele detecta automaticamente a situação de luz, foco e enquadramento e faz os ajustes necessários para tirar a melhor fotografia naquela cena. Além disso, ela também possui algumas melhorias automáticas para a captura de luzes noturnas e rostos com flash (a exposição e outras configurações são ajustadas para deixar a pele mais suave).

Reprovados

Peso

A XP50 é uma câmera que, se você for levar em conta o tamanho, é bastante pesada. Apesar de não serem nem 200 g, isso é um valor considerável se você quiser uma máquina para levar sempre dentro da bolsa. O seu design é excelente e ela é confortável de segurar, porém o peso pode incomodar quem prefere câmeras mais leves, com o corpo de plástico e que passem despercebidas dentro da bolsa.

Uma câmera resistente, porém pesada. (Fonte da imagem: Divulgação/Fujifilm)

Por ser à prova d’água, ela precisa ter um corpo mais resistente e feito de materiais bem firmes; porém, a câmera TX20, da Sony, também é à prova d’água e é extremamente leve. Esse não chega a ser um problema grave, porém é algo a se levar em conta se você quer uma câmera compacta para levar consigo sempre.

Menus escondidos

Apesar de ser fácil de mexer, essa câmera poderia contar com menus melhores e mais bem feitos. As opções de cena, por exemplo, estão escondidas em alguns níveis de menu, algo que torna a configuração pouco prática. É compreensível, por ser à prova d’água, que ela não possua um anel de modos, porém muitas trazem isso na própria tela, o que não é o caso aqui.

Isso pode parecer uma característica pequena, mas na pressa faz muita diferença poder mexer em qualquer configuração com poucos toques. Assim como o peso, essa não é uma característica tão ruim, mas que poderia ser melhor e acaba perdendo para algumas concorrentes, como as câmeras da Samsung, já que esta marca se preocupa bastante com a experiência de uso dos seus equipamentos.

Vale a pena?

A XP50 é uma legítima câmera de férias para a família; isto é, uma máquina pequena, que pode ser levada para qualquer lugar, à prova d’água, que tira boas fotos e faz vídeos com qualidade e tamanho adequados para o uso doméstico. Se for isso o que você precisa, pode considerar esta alternativa quando for escolher a sua próxima compra.

Qualquer uso mais avançado desse aparelho pode se transformar em frustração, já que ele não apresenta uma qualidade profissional ou algo próximo disso. Se você quer investir em um equipamento para uso semiprofissional, vale a pena comprar uma câmera que tenha pelo menos ajustes manuais e um conjunto de lente e sensor maior, para melhores resultados.

No entanto, para o dia a dia, ela é uma ótima câmera. Apesar de não ser tão leve, ela cabe no bolso e não tem medo da chuva: perfeita para quem gosta de registrar todos os momentos do seu dia de uma maneira relaxada. Para as redes sociais e impressões pequenas, este equipamento da Fujifilm é uma boa escolha de compra.

Por ser à prova d’água, o seu preço é mais salgado (em média de 650 a 700 reais), portanto é necessário levar em conta se você realmente precisa deste recurso. Caso contrário, é possível encontrar modelos mais baratos, como o DV300F, da Samsung, que possui até conexão WiFi.

Cupons de desconto TecMundo: