(Fonte da imagem: Reprodução/DxOMark Mobile)

Muitos dos smartphones mais recentes são equipados com câmeras de 8 a 12 megapixels e flash incorporado. Somados a isso, existem os serviços e aplicativos de fotografias que permitem que você edite e compartilhe suas capturas de maneira simples e rápida. Por tais motivos, esses gadgets estão se tornando a solução mais usada por grande parte das pessoas para registrar momentos marcantes e corriqueiros das suas vidas.

Mas essas câmeras são realmente capazes de serem comparadas com câmeras feitas especificamente para tirar fotos? Segundo um estudo feito pelo site DxOMark Mobile, a qualidade das imagens capturadas pelos smartphones ainda tem seus deméritos se comparada à das câmeras digitais compactas mais usuais.

Uma das principais diferenças entre esses dispositivos é a maior presença de “ruídos” nas fotos tiradas com os smartphones — quando as fotografias ficam com um aspecto granulado. Isso é resultado da pequena dimensão do sensor, o que é necessário para que esse componente possa ser utilizado nos smartphones. 

Contudo, para quem não visa obter a máxima qualidade de imagem para seu acervo de fotografias, a qualidade apresentada pelas câmeras dos celulares de última geração já dá conta muito bem do recado.

(Fonte da imagem: Reprodução/DxOMark Mobile)

Quando o assunto é vídeo, esse cenário muda um pouco. Existe uma boa parcela dos smartphones que gravam em 720p e até 1080p – incluindo os modelos da Samsung, Galaxy S2 e Galaxy S3, e da Apple, o iPhone 5. Esses valores superam muitos dos modelos mais vendidos de câmeras digitais nos últimos tempos, como a Canon Powershot S1000.

Fonte: DxOMark Mobile

Cupons de desconto TecMundo: