A Associated Press divulgou na última quinta-feira (19) um vídeo no YouTube que mostra parte do equipamento que a agência vai usar na Olimpíada de Londres. Entre os destaques estão câmeras robóticas capazes de ficar a distâncias mínimas dos atletas e que podem ser instaladas em localizações anteriormente consideradas inacessíveis.

Outras empresas, como a Reuters, também estão investindo em novas tecnologias. “Essencialmente, estamos colocando câmeras e fotógrafos onde eles nunca estiveram antes, capturando imagens que nunca foram capturadas”, afirma Fabrizio Bensch. “Por exemplo, instalei uma câmera robótica em uma treliça a 30 metros de altura — uma posição em que nenhum fotógrafo esteve em Olimpíadas anteriores”, complementa.

A Associated Press vai usar uma nova tecnologia de transferência que permite o download das imagens geradas por equipamentos subaquáticos no momento em que elas são geradas. Anteriormente, era preciso que alguém mergulhasse até os dispositivos entre as competições para recuperar o cartão de memória com as fotografias, processo que se mostrava pouco prático.

Fontes: Wired, YouTube

Cupons de desconto TecMundo: