(Fonte da imagem: Reprodução/Cult of Mac)

A câmera Holga-Cam of the Apocalypse pode ser considerada o pior pesadelo de muitos fotógrafos. O aparelho une um sensor de 22 megapixels com custo próximo aos US$ 24 mil a uma lente de plástico retirada de um dispositivo Holga, cujo valor total não passa de US$ 25. Embora o resultado dessa mistura tivesse tudo para dar errado, a qualidade das imagens capturadas é surpreendente.

O equipamento foi desenvolvido pelo fotógrafo Mike Martens, que não precisou desmontar nenhuma câmera para realizar o processo. Como todas as partes usadas se tratam de peças de reposição, a invenção pode ser desmontada a qualquer momento sem nenhuma perda ou dano. Veja abaixo a lista de materiais utilizados:

  • Corpo da câmera Holga 120N (US$ 25);
  • Sensor Phase One P25 (US$ 24 mil);
  • Lentes Horseman;
  • Fita adesiva Black Gaff.

A Holga-Cam of the Apocalypse funciona da seguinte forma: o sensor P25 se conecta ao corpo Holga 120N através de um cabo, fixado com o auxílio da fita adesiva, que também serve para manter parada a lente de plástico. Como isso dá ao dispositivo uma aparência bastante amadora, Mike estuda mudar o projeto para deixá-lo mais parecido com uma câmera convencional.

Para conferir os resultados obtidos com a invenção, basta acessar a página do fotógrafo no Flickr. Caso você queira obter mais detalhes sobre como o produto foi montado, basta clicar aqui para conferir um guia com todos os passos necessários para produzir sua própria versão do dispositivo.

Cupons de desconto TecMundo: