Um grupo de pesquisadores da Universidade de Columbia está trabalhando em uma nova tecnologia de câmeras flexíveis pequenas e finas como um cartão de crédito. O mais interessante, porém, é que elas contam com lentes elásticas capazes de ajustar seu campo de captura de imagem ao serem dobradas ou enroladas, pegando imagens maiores sem qualquer perda de qualidade na foto.

O segredo para essa ideia está na utilização de um enorme conjunto de lentes, cada uma focada em um pixel de imagem, feitas de um material elástico e, por sua vez, capazes de se adaptar quando dobradas. Isso resulta na possibilidade de aumentar ou diminuir o campo de visão capturado pela câmera com facilidade – e a qualidade da imagem se mantém mesmo assim.

As aplicações não se limitam apenas às nossas câmeras comuns. Usar esse material flexível em superfícies como na lataria de um carro ou em um poste permite a criação de uma câmera que pode dar uma visão de 360° facilmente, seja para substituir câmeras de vigilância ou para facilitar na hora de estacionar seu automóvel.

Tecnologia apenas dos sonhos

Como você deve ter notado pelo protótipo mostrado no vídeo, contudo, o conceito dos pesquisadores ainda está incrivelmente longe da ideia proposta. Para começar, embora eles tenham sido capazes de criar uma câmera flexível, ela está longe de ser pequena ou fina, com tamanho e espessura de vários centímetros. Além disso, a qualidade de imagem ainda é bastante ruim, mesmo que uma lente comum se saia pior.

Mesmo assim, se essa tecnologia se tornar comum, no futuro poderemos ter uma solução muito interessante para as desengonçadas câmeras profissionais.

Quais são suas expectativas para as câmeras do futuro? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: