(Fonte da imagem: Reprodução/Mashable)

Na tentativa de amenizar o processo burocrático para a aquisição de Bitcoins (moedas virtuais existentes a partir das reais), a Lamassu anunciou a máquina “Bitcoin ATM”, uma espécie de caixa eletrônico que otimiza a experiência com as moedas virtuais Bitcoins.

O processo é bem simples e faz uso do QR Code, método que parece ser uma tendência em transações e vinculação de dados digitalmente. O celular deve ser aproximado à máquina para realizar a leitura do QR Code presente nesta. Dessa forma, a máquina criptografa as informações a fim de identificar para onde o dinheiro virtual deve ser enviado. Por fim, basta “depositar” a quantidade de dinheiro real a ser convertido.

As pré-encomendas das máquinas começarão em junho e devem custar 5 mil dólares (aproximadamente 10 mil reais). Um aspecto interessante é que a Lamassu não fica com nenhuma fatia das transações, lucrando apenas com a venda das máquinas. Talvez isso justifique o valor relativamente salgado.

O aparelho é uma criação dos irmãos Josh e Zach Harvey, que disseram ter tido a ideia em função do burocrático processo para abrir uma conta no maior banco de trocas do Bitcoin, o MtGox. O tempo médio para a abertura é de 30 dias, e a fila registra hoje de 16 mil a 20 mil pessoas na espera. Com a máquina criada pelos irmãos, o processo leva não mais que 15 segundos.

Cupons de desconto TecMundo: