A ideia de cabos submarinos não é exatamente uma novidade, mas não é todo dia que descobrimos que um deles está sendo construído. Porém, graças a uma parceria entre a Microsoft e o Facebook, uma conexão transatlântica será providenciada ligando o sul da Europa e os Estados Unidos, percorrendo cerca de 7 mil quilômetros. O objetivo desse cabo é aliviar a crescente demanda por internet de alta velocidade e o armazenamento de arquivos na nuvem.

A construção desse novo cabo, que foi batizado de “Marea”, está agendada para começar em agosto e a expectativa é que esteja pronto a partir do segundo semestre de 2017, mais precisamente em outubro. O comunicado sobre esse esforço conjunto foi dado através do site oficial da Microsoft, que liberou a imagem abaixo mostrando o caminho que esse cabo de 6.600 quilômetros vai percorrer entre Virginia Beach, nos Estados Unidos, com Bilbau, na Espanha.

A estrutura do cabo Marea que vai atravessar o Oceano Atlântico

O mais rápido do Atlântico

De acordo com as empresas, a expectativa é de que o cabo Marea, depois que estiver pronto, seja o cabo submarino de mais alta capacidade a atravessar o Oceano Atlântico. Ele contará com oito pares de fibra óptica e foi projetado para trabalhar com impressionantes 160 Tbps. O objetivo, reforçam as companhias, é “atender à crescente demanda dos clientes para a alta velocidade, conexões confiáveis para nuvem e serviços online tanto para a Microsoft, quanto para o Facebook”.

A expectativa é de que o cabo Marea seja o cabo submarino de mais alta capacidade a atravessar o Oceano Atlântico

"A fim de melhor servir nossos clientes e fornecer o tipo de conectividade confiável e de baixa latência que merecem, estamos continuando a investir em maneiras novas e inovadoras para melhorar continuamente tanto o Microsoft Cloud e a infraestrutura global da internet", disse Frank Rey, diretor global de redes da Microsoft. "Isso marca um novo passo importante na construção da infraestrutura de próxima geração da internet."

A construção do cabo submarino terá início em agosto e tem previsão de ficar pronto em outubro de 2017

Após a construção, quem vai operar o funcionamento do cabo é a Telefonica S.A. por meio de sua subsidiária Telxius. Essa é a parte estranha da notícia, já que é normal grande companhias se juntarem em consórcios maiores de empresas de tecnologia e telecomunicações para construir e investir em estruturas como essas. A Microsoft e o Facebook não informaram quanto gastaram para construir o cabo Marea.

Cupons de desconto TecMundo: