Horst Brandstaetter, o presidente da empresa que produz a linha de brinquedos Playmobil, as pequenas peças móveis de plástico mais famosas entre as crianças de todo o mundo, morreu aos 81 anos, anunciou a empresa nesta segunda-feira.

"Com Horst Brandstaetter não apenas a família Playmobil perdeu o seu presidente, proprietário da empresa e patriarca, mas a indústria de brinquedos na Alemanha perde uma das suas personalidades mais ilustres", afirma a empresa Geobra Brandstaetter em um comunicado. Brandstaetter morreu na quarta-feira passada.

Conhecido como "Herr Playmobil" ("Senhor Playmobil") ou "HOB" entre os seus colaboradores mais próximos, Brandstaetter entrou no negócio da família em 1952, aos 19 anos, quando era administrado por seu tio.

Ele logo percebeu que o futuro da indústria de brinquedos deveria ser o plástico, ao invés do metal, e reestruturou as suas fábricas. Em 1958, desenvolveu o bambolê ou "hula hoop", que se tornou um sucesso mundial.

Durante a crise do petróleo dos anos 70, com o aumento substancial do custo de plástico, o designer Hans Beck teve a ideia de criar pequenos bonecos e peças de 7,5 centímetros, usando a menor quantidade possível de plástico.

Sob a liderança de Brandstaetter, a empresa com sede em Zirndorf, no estado da Baviera, criou três modelos: um cavaleiro, um operário e um índio americano. Daí a coleção foi aumentando até o presente, com piratas, fadas, palhaços, policiais, passando por sagas famosas como a série Stars Wars.

No ano passado, quando a marca completou 40 anos, as vendas do grupo Brandstaetter chegaram a 595 milhões de euros. Horst Brandstaetter pavimentou o caminho para sua sucessão, estabelecendo em meados dos anos 90 uma fundação para administrar a empresa.

Berlim

Via Em Resumo.

Cupons de desconto TecMundo: