A mais suave das brisas, como uma furiosa tempestade, pode fazer com que o pequeno corpo do Pico-Falcon enfrente as mais terríveis turbulências. E mais: se um espectador desavisado bocejar, pode ser ainda que o pequeno helicóptero pouse sobre a língua do sujeito sonolento.

Defensor do título de “o menor aeromodelo do mundo”, o brinquedo conta com sistemas arrojados embutidos em sua carcaça: um giroscópio de alta performance e um par de hélices possibilitam um “voo estável na medida do possível”, conforme observa a própria fabricante.

Um sistema integrado entre os controles pode possibilitar o comando de até três pequenos aviões do tipo Pico-Falcon. Com somente 4,6 centímetros de comprimento, o brinquedo pode ser adquirido por cerca de R$ 100 (em conversão direta feita a partir da moeda japonesa, naturalmente).

Movimentos de ascensão, queda e rotação são manobras que podem ser feitas por entusiastas a pilotos do aeromodelo. O “inseto mecânico” pode ser controlado à distância de até 5 metros por cerca de 4 minutos – o tempo de recarga da baterria do helicóptero é de 30 minutos. Mais informações acerca do Pico-Falcon podem ser conferidas aqui, em japonês.

Cupons de desconto TecMundo: