Pode não parecer algo grave, mas 42% dos brasileiros não possuem acesso à internet. Isso é alarmante: significa que quase metade de nossa população não tem acesso ao conhecimento disponível, informações variadas, possibilidade de conhecer outras culturas, realizar pesquisas facilmente e tudo mais que a internet oferece. Este dado surgiu em um relatório divulgado hoje pela ONU.

São 100 páginas que a Organização das Nações Unidas desenha como está a situação da conexão à internet via banda larga tanto no mundo quanto no Brasil. Por aqui, a coisa ainda está feia: apenas 11,5% dos brasileiros possuem conexões de banda larga — e ainda as compartilham com família ou vizinhos.

Já sobre os dados móveis, mais de 78% dos smartphones ou tablets no Brasil possuem conexões "razoáveis" ou "satisfatórias". Contudo, um grupo de 121 países vai ter a banda móvel saturada até o final de 2015 — o Brasil está nesse barco. Isso deve acontecer porque ainda falta uma infraestrutura robusta para atender todos os clientes e manter uma alta qualidade de conexão.

O problema não mora só aqui

Se você acha que a inclusão digital é um problema apenas nosso, saiba que está muito enganado. A ONU também alertou que 57% da população mundial continua offline — tendo conexões esporádicas ao mundo digital. São 4 bilhões de pessoas que não se conectam à internet regularmente — ou nunca.

Isso significa que apenas 43% da humanidade está conectada. A porcentagem ainda é baixa: a ONU estabelece como meta 60% até 2020.

Para acompanhar o relatório completo, clique aqui. Você vai encontrar outros dados alarmantes, como os 48 países mais pobres do mundo que 90% da população também não tem acesso à internet.

A banda larga que você usa para acessar o TecMundo é a da sua casa? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: