No último domingo (15), as ruas de todo o país foram tomadas por 1,5 milhão de manifestantes que protestaram de maneira pacífica contra a presidente Dilma Rousseff. O movimento tinha como principal motivação o pedido de "impeachment" da presidente, mas muitos também demandavam uma intervenção militar para acabar com mais de 12 anos de liderança esquerda do PT.

Diante de um movimento popular dessa magnitude, era de se esperar que uma repercussão digna também fosse causada em todo país. Através das redes sociais, políticos e famosos deram as suas opiniões e disseram o que acharam das manifestações.

1. Aécio Neves, senador (PSDB-MG), presidente nacional do PSDB

"Esse 15 de março vai ficar lembrado para sempre como o Dia da Democracia. O dia em que os brasileiros se vestiram de verde e amarelo e foram para as ruas se reencontrar com as suas virtudes, seus valores, seus sonhos. Depois de refletir muito, eu optei por não estar nas ruas neste domingo, para deixar muito claro quem é o grande protagonista destas manifestações. E ele é o povo brasileiro, o povo cansado de tantos desmandos, de tanta corrupção. Mas o caminho só está começando a ser trilhado. Por isso, não vamos nos dispersar!".

2. Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora

3. Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal

4. José Serra, senador (PSDB-SP)

5. Geraldo Alckmin, governador de São Paulo (PSDB)

6. Romário, senador (RJ)

7. Marta Suplicy, senadora (PT-SP)

"Parabéns ao povo brasileiro. Foi às ruas para protestar de forma cívica, pacífica e democrática. Demonstrou sua contrariedade a um governo que se encontra sem rumo e isolado. Os protestos de hoje, massivos e representativos, em todas as regiões do país, dão a dimensão do grau de insatisfação e discordância da população em relação aos rumos até aqui adotados. Se tomarmos a entrevista dos ministros Cardozo e Rossetto como referência para a resposta do governo perante a histórica manifestação de hoje, a sensação é de mais do mesmo, perdura a falta de sensibilidade".

8. Rui Falcão, deputado estadual (SP), presidente nacional do PT

"MANIFESTAÇÕES LEGITIMAS. Todas as manifestações são legitimas, ajudam a consolidar e fortalecem a democracia do Brasil. Esses atos mostram que estamos vivendo em um País democrático. Neste sentido, o PT, como partido, não convoca atos, mas apoia. É legitimo que aqueles que discordam do governo e que têm críticas também saiam às ruas, assim como saem os que apoiam. #‎NãooaOdio #‎OrgulhodeserPT #‎MaisAmorMenosÓdio".

9. José Agripino, senador (DEM-RN)

“São 12h10 do domingo, dia 15. Estou na Esplanada dos Ministérios. Um movimento pacífico e ordeiro está acontecendo e os brasileiros estão vindo protestar contra a corrupção, protestar contra o governo, protestar em nome do Brasil, o Brasil que todos nós queremos”.

10. Mendonça Filho, deputado (PE), líder do DEM na Câmara

11. Jair Bolsanaro, deputado federal (RJ)

12. Eduardo Jorge, ex-deputado estadual e federal

13. Levy Fidelix, presidente do PRTB

14. Luciana Genro, ex-candidata à presidência

15. Pastor Everaldo, vice-presidente do PSC

"Hoje vamos para as ruas! Entre muitas razões, a mentira que a presidente falou para ganhar a eleição teve "pena curta"! Ela afirmou, certa vez, em audiência no Senado, que mentiu para salvar vidas de companheiros e hoje continua mentindo para tentar salvar os maiores corruptos, "nunca vistos antes na história do nosso país". Vamos em frente! Juntos pelo Brasil!".

16. Silas Malafaia, pastor e presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo

17. Danilo Gentilli, humorista

18. Rachel Sheherazade, jornalista

19. Marcelo Tas, jornalista

20. Ronaldo Nazário, ex-jogador de futebol

21. Repercussão no programa de auditório de John Oliver

Cupons de desconto TecMundo: