(Fonte da imagem: Reprodução/ProtestosBR)

Nas últimas duas semanas, vimos uma crescente onda de manifestos por todo o país. Reinvindicações por melhores condições no transporte público, saúde e educação, além de diversas outras. E não estão sendo raros os casos de violência durante as manifestações. Mas quem não quer ir para as ruas também pode ajudar os manifestantes a fugirem dos caminhos mais truculentos.

O “ativismo de sofá” também é importante nesses momentos. E há vários sites que permitem que isso seja feito com bastante facilidade. Além do Facebook, que possui páginas dedicadas à demonstração dos locais de conflito, também há vários outros que estão permitindo a colaboração com os manifestantes. É o caso do ProtestosBR. Trata-se um mapa colaborativo em que qualquer pessoa pode relatar conflitos.

Isso envolve abrigos, ajudas, presença policial (amigável ou hostil), presença civil (amigável ou hostil), WiFi liberado e outros itens. Para colaborar, basta se cadastrar no serviço e enviar relatos, que serão moderados por uma equipe que visa evitar a colocação de falsos relatos no mapa criado.

Para quem está em São Paulo, também é possível acessar o site SP Vai Parar, que está funcionando como um grande agregador das informações sobre a manifestação nas ruas. No endereço também estão diversas tags de pesquisa para o Facebook, garantindo que os usuários possam saber mais sobre os assuntos relacionados.

O #Instagram também está nas ruas

Para quem quer ver imagens sobre os protestos, uma boa solução é a utilização de aplicativos online que permitem a rápida busca por fotografias do Instagram. O GramFeed, por exemplo, pode ser utilizado com as tags mais utilizadas, como #protesto, #protestobr ou #vemprarua.

(Fonte da imagem: Reprodução/GramFeed)

Todas as fotografias são oriundas do Instagram e podem ser vistas mesmo que você não possua uma conta na rede social. Certamente você pode encontrar muitas imagens bem interessantes e ainda pode aproveitar as informações para relatar possíveis situações de risco em outros sites e redes.

Cupons de desconto TecMundo: