(Fonte da imagem: Reprodução/Jangadeiroonline)

Talvez este não seja o seu caso, mas muitas pessoas precisam fazer a declaração do Imposto de Renda. Essa tarefa pode ser bem cansativa e chata, mas o governo vai disponibilizar a nova versão do seu software, que promete deixar o seu trabalho mais fácil.

Segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, o programa vai ser liberado para o público no dia 25/02, às 8 horas. Dessa maneira, a ferramenta vai estar disponível durante todo o prazo para que a declaração seja feita, que vai de 1° de março até 30 de abril.

Um dos maiores benefícios do software é o fato de que vai ser possível importar dados da sua última declaração, como o pagamento da escola dos filhos ou do plano de saúde. Dessa maneira, o único trabalho vai ser o de mudar os valores antigos que aparecerem para os atuais.

Mais gente declarando

O governo federal espera recolher 26 milhões de declarações do Imposto de Renda neste ano — ano passado esse número ficou em “apenas” 25 milhões. De acordo com Joaquim Adir, há um crescimento constante no número de declarações, já que a quantidade de gente empregada também cresce e há as pessoas que ajustam os valores repassados.

Caso você não faça a sua declaração, mesmo estando na faixa de pessoas que precisam entregá-la, é provável que você receba uma multa — e o valor dela varia de R$ 165,74 até 20% do Imposto de Renda devido.

Cupons de desconto TecMundo: