Android Auto? Apple CarPlay? Pff. Você não sabe o que é um carro high-tech de verdade até conhecer a nova geração da 7 Series, linha de carros top de linha da BMW. Antes de falar sobre o carro em si, é uma curiosidade bacana dizer que o press release (ou seja, o comunicado oficial enviado à imprensa) desses veículos possui um total de 24 páginas.

Composta por dois modelos – o 740i e o 750i xDrive –, a nova série chegará às revendas norte-americanas durante a primavera brasileira e possui uma quantidade tão grande de recursos inovadores e tecnológicos que até fica difícil escolher sobre qual comentar primeiro. Vamos começar com as chaves dos possantes.

Sendo um item opcional, ela mais parece com um smartphone do que uma chave para carro em si. Dotada de uma pequena tela LCD (que exibe informações como combustível restante, autonomia, notificações etc.), a Display Key permite que você controle uma grande variedade de recursos de seu automóvel à distância, incluindo trancar e destrancar as portas, pré-aquecer o motor em dias frios, estacionar remotamente e muito mais.

Puro luxo

Assumindo que abrimos as portas de um BMW 7 Series, vamos entrar no veículo para conhecer o resto de suas características. Ao se sentar no banco do motorista, é possível que você sinta um perfume agradável – trata-se do pacote opcional Ambient Air, que emite até oito fragrâncias agradáveis em três intensidades diferentes (programável pelo próprio piloto). Massagens no banco e ajustes finos na posição dos assentos (ordenados por comandos em um tablet incluso) garantem o conforto dos passageiros.

Além da luz ambiente que decora todo o interior do carro, os modelos também contam com uma enorme tela LED no teto que imita um céu estrelado (e também pode ser customizada com seis cores distintas. O motorista pode usufruir também de um heads-up display no para-brisa e uma tela LCD no painel que exibe o iDrive 5.0 – um sistema inteligente da própria BMW que pode ser controlado com gestos.

O mais interessante é perceber que a linha 7 Series parece projetada para oferecer o máximo de conforto possível para o passageiro, e não para o piloto (provavelmente porque quem tem dinheiro o suficiente para adquirir um carro desses pode pagar um motorista particular). Um dos assentos traseiros é chamado de Executive Lounge e conta até mesmo com um descanso para os pés e ainda mais opções de ajuste do encosto.

Debaixo do capô

A única grande diferença entre os modelos 740i e 750i xDrive são os motores que se escondem sob o capô: o primeiro é equipado com um 3.0 biturbo de seis cilindros com 362 cv de potência, enquanto o segundo sai de fábrica com um 4.4 biturbo V8 de 450 cv de potência. Novamente, ambos devem chegar ao mercado norte-americano até o fim do ano por, respectivamente, US$ 81,3 mil e US$ 97,4 mil (cerca de R$ 252 mil e R$ 302 mil).

Até 2016, a linha ganhará também o híbrido 740e xDrive, que possui um motor 2.0 biturbo de quatro cilindros associado a um propulsor elétrico – rodando apenas com eletricidade, o veículo será capaz de andar até 40 km a uma velocidade média de 120 km/h. Ainda que não tenha compatibilidade alguma com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, a linha 7 Series é o sonho de qualquer amante de carros high tech.

Cupons de desconto TecMundo: