(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Embora a Blu-ray Disc Association ainda não tenha se pronunciado oficialmente, a fabricante de discos Singulus garante que o Blu-ray 4K já está em desenvolvimento. A mídia será fabricada com o maquinário desenvolvido pela companhia, o BLULINE III, e trará 100 GB de espaço para armazenamento distribuído em três camadas — espaço suficiente para abrigar um filme com resolução 4K.

Naturalmente, restam ainda algumas dúvidas. Por exemplo: qual será o formato utilizado para o disco? Conforme ressaltou o site HDTVtest, o padrão normalmente usado para discos com semelhante densidade seria o atual H.264/AVC. Entretanto, o codec H.265/HEVC pode ser a escolha, considerando que ele é utilizado atualmente em vários aparelhos de TV 4K.

Uma mídia física 4K?

Embora a tecnologia 4K ainda não vá muito além de um deslumbre localizado em feiras e ocasiões específicas, fato é que uma mídia física ainda deve ajudar a resolver a questão de “como levar conteúdos 4K às casas das pessoas”.

É claro que não se trata da única possibilidade. Afinal, há que se considerar o Sony Video Unlimited 4K e também o Netflix, que começou suas experiências com o 4K recentemente. Mas, sim, os discos ainda devem representar o formato mais prontamente aplicável — ganhando pontos ainda pela familiaridade. Agora é esperar por alguma manifestação oficial da Blu-ray Disc Association.

Cupons de desconto TecMundo: