Seus arquivos intactos por um milênio. (Fonte da imagem: Divulgação/Millenniata)

Se você já ouviu falar em “cilindros de cera” para gravar áudio, deve ter percebido que eles não sobreviveram muito bem à ação do tempo e impossibilitaram a transcrição de muitas gravações históricas para outras mídias ao longo dos anos. Agora, isso não será mais um problema, tendo em vista o lançamento do M-DISC, um disco Blu-ray que pode sobreviver à ação do tempo por até mil anos. Isso mesmo, um milênio inteiro sem perder os dados gravados.

Com isso, se você quiser guardar filmes importantes, como imagens de formaturas, casamentos e outras coisas do gênero para mostrar para netos e bisnetos, essa é a sua escolha. Os discos contam com uma capacidade de gravação para até 25 GB, mas só podem ser queimados em unidades compatíveis com o M-DISC. Para tocar o conteúdo, entretanto, pode-se utilizar qualquer leitor atual.

A previsão da fabricante é disponibilizar o produto no mercado norte-americano até agosto deste ano, mas ainda não há uma data certa. O M-DISC, entretanto, não é uma novidade de fato, já que a tecnologia que cria camadas metálicas no interior dos discos já vem sendo utilizada em DVDs super-resistentes, mas que não duram mil anos, claro.

Nos EUA, esses DVDs com a camada de gravação feita com compostos metálicos, e não orgânicos, custam US$ 30 em uma embalagem com 10 unidades. Com isso, podemos imaginar que os Blu-ray M-DISC certamente terão um preço maior que esse.

Cupons de desconto TecMundo: