Se você achava que os televisores não tinham mais o que melhorar, está na hora de rever seus conceitos. Depois das telas de plasma, LCD, LED, High Definition, TV Digital, mais resolução e tudo mais que está nas prateleiras, mais uma tecnologia está a cada dia mais comum de ser encontrada. Chamada por alguns de “Interpolação de Imagens” ou “Taxa de Atualização” ela vai dar o que falar em breve.

Provavelmente você nunca ouviu falar em nenhum dos nomes acima, mas se ao invés deles, fosse usado Motion Flow, TrueMotion ou Auto Motion Plus? Soaria mais familiar? Mesmo que muitos já tenham ouvido falar nestes nomes, nem todo mundo sabe o que eles significam. Por isso, neste artigo vamos tentar descobrir se esta tecnologia é realmente importante ou não deixa de ser apenas mais um adesivo que as empresas vão colar na sua TV nova e, o pior, cobrar a mais por isso.

O que é e como funciona?

As nomenclaturas variadas que – Motion Flow, Auto Motion Plus e TrueMotion – são usadas e patenteadas pelas marcas Sony, Samsung e LG, por exemplo, querem dizer a mesma coisa, ou seja, Interpolação de Imagens. Esta nova tecnologia permite que a transição de cada Frame (quadro) seja feita de forma mais sutil, desta forma, evita-se tremores ou distorções nas imagens, tendo em vista que em televisores de alta definição é mais fácil perceber imperfeições.

Um televisor comum exibe, em média, 60 FPS (Frames Por Segundo) ou 60 Hz. Já os televisores com maior Taxa de Atualização conseguem aumentar esta quantidade entre 100 Hz e 240 Hz. Isso significa que na mesma imagem são inseridos mais quadros no mesmo intervalo de tempo, desta forma as imagens não exibem emendas ou tremores. Um exemplo prático de transição de imagens são os GIFs, pois eles nada mais são do que figuras (Frames) sobrepostas, assim sendo, quanto mais imagens forem inseridas, menos “quebrado” será o movimento.  

Exemplo da aplicação da interpolação de Imagens

Confira dois exemplos de GIFs. O primeiro simboliza uma TV de 60 Hz e o segundo uma de 120 Hz. No primeiro temos três imagens diferentes em sequência, já no segundo são cinco.

Exemplo de imagem a 60 Hz

Exemplo de imagem a 120 Hz

 


 

 










Aplicando o conceito de GIF nos televisores, a função desta tecnologia é inserir mais quatro fotogramas por segundo (no caso das TVs com 200 Hz) entre os que formam uma imagem. De acordo com a Samsung (Auto Motion Flow) e a Sony (Motion Flow), a tecnologia faz uma estimativa para inserir quadros extras, desta forma não se repete simplesmente os frames, pois o anterior e o seguinte são analisados antes da exibição do extra, tendo no fim uma média entre as imagens.

No vídeo a seguir, produzido pela Sony, o conceito de Interpolação de Imagens pode ser visto na prática.

Onde encontrar?

Como você pode observar todas as grandes marcas já estão inserindo a Taxa de Atualização ou Interpolação de Imagens em seus produtos. A Sony detém a tecnologia Motion Flow; A Samsung a Auto Motion Flow; a LG usa o nome TrueMotion e a Philips oferece a Nature Motion. Nos modelos da Sony, a linha Bravia oferece televisores de 100Hz, 100Hz Pro e 200Hz. Nos modelos LG da linha Scarlet II, famosa pelo design e tons vermelhos, oferecem 120 Hz, assim como a Samsung com a linha 700 Ultraslim e a Philips com a Linha 7000 e 5000.

Modelo da Sony  Philips e Nature Motion A bela LG Scarlet IISamsung com design vermelho

Ao vivo, a cores e com mais Hz é melhor?

Ok. As empresas lançaram a Interpolação de Imagens sem muita pompa, por isso é de se perguntar qual a real utilidade desta tecnologia nas TVs? Para tentar chegar a um consenso, eu e meu colega Fábio Jordão fomos até uma loja onde havia TVs LCD de até 120 Hz. Todas rodavam vídeos em Blu-ray e eram Full-HD. Aparentemente, não havia nenhuma diferença gritante entre as que tinham a tecnologia de Interpolação e as que não tinham.
Desta forma, pudemos concluir que:

1.    Mesmo um filme em Blu-ray, se for mais antigo, precisou ser remasterizado, desta maneira, não possui a mesma qualidade que um vídeo gravado originalmente em HD. Por isso, mesmo com a Taxa de atualização alta (120 Hz) a imagem ainda fica desfocadas e com rastros.

2.    Se você assistir algo com uma transmissão de baixa qualidade, como a TV analógica, por exemplo, a imagem não terá 100% de qualidade. Sendo assim, com Interpolação ou não, a transmissão precisa acompanhar a Taxa de Atualização, pois se uma imagem reproduzida for de 60 Hz haverá discrepância entre o som e imagem, dando a impressão de que os movimentos são mais rápidos do que os sons.

3.    Perceber diferenças significativas na qualidade de fluidez da imagem, certamente, vai depender de cada espectador, por isso é necessário testar a TV para saber até que ponto ela oferece melhoras na imagem, para você não pagar mais por algo que nem vê.

Preço


Aparentemente, uma TV com Interpolação de Imagens custa mais caro do que uma sem o recurso. No caso das TVs da Sony, dois modelos foram cotados. O primeiro é o Sony Bravia KLV-40W410A LCD 40 Polegadas com Motion Flow. O segundo modelo é o Sony Bravia KLV-40V410A LCD 40 Polegadas sem Motion Flow. Sendo assim, o valor da primeira girou em torno de R$3.999,00, enquanto a segunda custa, em média, R$3.499,00. Sendo assim, podemos supor que a Interpolação de Imagens agrega à TV R$500,00, mas obviamente, outros fatores podem influenciar os preços como, a série ou linha do aparelho, ano de fabricação e se há mais complementos agregados, como o Full-HD ou conversor digital.

Como você pode perceber, a melhora ou não na imagem vai depender de vários fatores, principalmente quanto ao preço, pois para uma TV processar imagens a 120 Hz vai precisar de um processador melhor, o que faz o custo do aparelho aumentar. Não é nossa intenção afirmar que a Interpolação de Imagens funciona ou não, já que a percepção vai depender de cada um. Alguns preferem imagens a 120 Hz ou 240 Hz, outros não abrem mão dos 60 Hz. Desta maneira, antes de abrir a carteira para comprar um bem com um custo elevado, analise todas as condições e certifique-se de que não está pagando apenas por um adesivo a mais, mas sim, maior qualidade de fato.

Cupons de desconto TecMundo: