Segunda-feira pós Black Friday: muitas pessoas com ressaca na carteira, mas com sorrisos nos rostos. Neste ano, muitas ofertas realmente interessantes foram entregues aos consumidores — e se você acompanhou a nossa cobertura, deve ter conhecido a maioria delas. Por isso, o ecommerce rendeu muito e vendeu 76% a mais do que em 2014, segundo a Camara-e.

A ClearSale, empresa de inteligência estatística, estimou que o faturamento do comércio eletrônico na data especial de 2015 seria de R$ 978 milhões. Contudo, agora com a balança fechada, a Black Friday 2015 fez o ecommerce movimentar R$ 1,5 bilhão.

"Os números mostram que a data definitivamente entrou para o calendário de compras do brasileiro. Se compararmos com os R$ 100 milhões faturados na primeira edição, em 2010, atingimos um crescimento de mais de 1.500% em cinco anos", comentou Ludovino Lopes, presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico.

A Camara-e liberou alguns dados interessantes sobre a Black Friday no Brasil, veja:

  • Transações realizadas: 3.122.843
  • Ticket médio: R$ 580 — 11% maior que 2014
  • Categoria mais vendida: eletrodoméstico, celular e eletrônicos
  • Selo Black Friday Legal 2015: 901 lojas aprovadas

"O consumidor aproveitou a Black Friday para comprar o produto para o qual economizou dinheiro o ano todo", disse Lopes. "E comprou para si, não ainda para presentear a família".

Sobre a segurança, as empresas participantes do selo Black Friday Legal tiveram que mostrar algumas capacitações, como modelo operacional e boas práticas no mercado. Ainda, elas passaram por análises cadastrais criteriosas, segundo a Camara-e — como a verificação de CNPJ, endereço físico, telefone, meios de contato etc.

Se você ficou boiando e não comprou nada na Black Friday, existem duas opções agora: correr para esta página e ver as ofertas da Cyber Monday que está rolando agora ou economizar até a edição 2016.

O que você comprou na Black Friday 2015? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: