Infelizmente, nem todos os produtos vendidos nas lojas virtuais são entregues com tudo o que os consumidors esperam. Um homem residente na Irlanda é uma das provas mais recentes disso e você vai entender os motivos rapidamente. Tudo começou quando ele adquiriu um livro na Amazon da Alemanha e recebeu o produto errado em sua casa.

Como acontece em qualquer caso, o rapaz enviou um feedback negativo para a Amazon, mencionando a troca de materiais. Em alguns dias, a Amazon entrou em contato com ele para informar que o material correto estava indisponível, dizendo que bastaria o livro ser enviado de volta para que o reembolso pudesse ser realizado. Após isso, o consumidor mudou o feedback para positivo.

Tudo bem até aqui, não é mesmo? O problema é que depois de tudo isso acontecer, o irlandês acessou sua conta novamente e percebeu que havia um item indesejado em seu carrinho de compras. Tratava-se de um vibrador chamado "The Hulk" — com pouco mais de 10 polegadas de comprimento, para quem ficou curioso.

Como assim?

Pois é! Não existe muita conexão entre um livro errado, um feedback e um vibrador! Por essa razão, o consumidor ficou bem assustado e entrou em contato novamente com a Amazon. Para o ArsTechnica, ele revelou os motivos pelos quais ficou incomodado:

"Se meu amigo colocasse ele lá enquanto eu não vejo, eu iria achar engraçado! Eu não sou um puritano. O problema é que eu estava no escritório, com colegas por perto e que viram um vibrador na minha conta da Amazon".

Depois de enviar a captura de tela para a loja, ele recebeu um pedido de desculpas formal e um bônus de 100 euros para gastar da maneira que quiser. O acontecimento passou por um processo interno e não há informações sobre os verdadeiros responsáveis e nem quais foram as punições aplicadas no caso.

.....

O que você faria se a Amazon colocasse um vibrador no seu carrinho de compras? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: