Anna Ursu, 18 anos, morreu eletrocutada no nordeste da Romênia após subir em uma estação de trem. A adolescente tentava tirar uma selfie inédita em cima do vagão, mas acabou em chamas depois de ter entrado em contato com um fio elétrico de mais de 27 mil volts.

Um homem que passava pelo local tentou intervir na ação da jovem pedindo para que ela se mantivesse deitada, mas não conseguiu evitar o desastre. Um rapaz de 17 anos que acompanhava a moça no telhado foi arremessado para longe pela força da explosão.

Os dois feridos foram socorridos e levados de helicóptero para um hospital da região, mas Anna, que teve mais da metade do corpo queimado, não resistiu e morreu pouco tempo depois. Um porta-voz do hospital explicou que, mesmo que a garota não tenha tocado o fio, o campo elétrico seria mortal a uma distância pequena.

O sobrevivente explicou às autoridades que a amiga era viciada em selfies e que ela queria tirar uma “selfie definitiva” para publicar no Facebook. O jovem também disse que, ao escalarem o vagão, em nenhum momento eles pensaram que a ação poderia ser perigosa.

Via EmResumo

Cupons de desconto TecMundo: