Você usaria papel higiênico reciclado como papel de parede? (Fonte da imagem: Reprodução/Applied CleanTech)

Uma ideia inusitada vem direto de Israel para o mundo: transformar papel higiênico usado em papel de parede e em envelopes. Quem promete conseguir tal proeza é a Applied CleanTech, empresa israelense que desenvolveu uma tecnologia capaz de esterilizar o material, tornando-o usável novamente e sem nenhum risco à saúde.

Se funcionar, a ideia é realmente revolucionária, visto que, de todos os tipos de papéis despejados no mundo, o papel higiênico usado é provavelmente o mais difícil de ter uma segunda utilização. Além disso, o material fecal, que possui celulose oriunda dos vegetais que consumimos, também pode virar papel reciclado.

Uma nova fonte de papel

Os cientistas envolvidos no projeto acreditam que, caso a ideia emplaque, até 10% de todo o papel consumido no mundo poderá ser feito a partir deste tipo de material. O projeto deve funcionar apenas em locais onde papéis higiênicos usados sejam descartados na privada e, consequentemente, encaminhados às estações de tratamento, onde serão coletados.

Para Refael Aharon, diretor-executivo da Applied CleanTech, a empresa descobriu “uma nova fonte de papel, uma fonte realmente boa se coletada do ponto que nós fazemos”, que é antes do material ter sido destruído pelas estações de tratamento de água.

Ao site Israel21, Aharon declarou ainda que o papel higiênico reciclado não apresenta odor nem mesmo qualquer risco de contaminação a quem o manuseia. Contudo, ele sabe que a aceitação de seu produto não será tão simples assim. “É um problema psicológico do qual eu estou ciente”, garante.

Cupons de desconto TecMundo: