(Fonte da imagem: Reprodução/CPD)

Se você está na China, há poucas chances de esta notícia estar disponível. Os censores do país estão tentando bloquear todo o conteúdo que possui a marca italiana, por causa de um acidente misterioso. E a falta de informações está intrigando a todos. Nesta madrugada, em Pequim, um homem dirigindo uma Ferrari 458 Italia Spider bateu em alta velocidade e morreu na hora.

Além dele, mais duas garotas estavam no carro e saíram bastante feridas – sim, eram três pessoas em um carro de apenas dois lugares. Devido ao fato de haver tanta movimentação para esconder o caso, a imprensa internacional começou a especular que a vítima fatal do acidente seja o filho de um membro do Partido Comunista Chinês – e seria difícil explicar de onde surgiu tanto dinheiro, conforme relatado pelo Jalopnik.

O mundo ocidental só ficou sabendo do caso porque o site Global Times publicou uma matéria revelando todos os “desaparecimentos” de informações. Além de posts em sites de notícias, também foram excluídas publicações em perfis do Twitter de vários veículos da imprensa. O Global Times termina a nota falando sobre a “segunda geração” das famílias poderosas, que é composta por jovens ricos e inconsequentes, que desafiam a lei com frequência.

Cupons de desconto TecMundo: