(Fonte da imagem: NewScientist)

Apesar de vivermos em um mundo muito mais tecnológico do que há algumas décadas, a quantidade de espíritos e outras criaturas sobrenaturais aparecendo em fotografias é muito maior do que na época de seus pais e até mesmo de seus avós. Será que os seres do outro mundo perderam a vergonha e se aproveitam dos novos recursos para dar as caras? Aparentemente, não.

Segundo a Unidade de Parapsicologia Koestler da Universidade de Edimburgo, a quantidade de imagens enviadas com supostas aparições de fantasmas aumentou consideravelmente nos últimos 10 anos, mas não há nada de paranormal nisso. De acordo com Dave Wood, pesquisador da Associação para os Estudos Científicos de Fenômenos Anômalos, o aumento de casos é reflexo apenas da popularização de celulares com câmeras, principalmente aqueles de baixa qualidade.

Para Wood, a produção em massa desse tipo de equipamento faz com que nem sempre as lentes obtenham o resultado desejado, criando distorções na imagem ou misteriosas manchas. Ele afirma que “olhos destreinados” podem confundir facilmente esse defeito com seres do outro mundo.

Além disso, o estudioso relembra que a quantidade de fotografias tiradas atualmente é muito maior do que nas décadas passadas, o que torna natural o aumento na “incidência de espíritos”. Segundo ele, se você tirar uma centena de fotos de uma casa abandonada à noite com seu celular, é muito provável que uma ou duas “almas” apareçam.

 

Cupons de desconto TecMundo: