Tyler Headley e seus pais (Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)

Um caso bizarro de violência aconteceu em Port St. Lucie, na Flórida. Tyler Hadley, um adolescente de 17 anos, assassinou brutalmente seus próprios pais após ser proibido de realizar uma festa, já divulgada por meio do Facebook.

O garoto usou um martelo para bater nos pais Mary-Jo e Blake até a morte e, em seguida, esconder o casal em um dos quartos da casa. Mesmo assim Hadley ainda foi o anfitrião da festa, que trouxe entre 40 a 60 pessoas para a residência do crime.

Os corpos foram descobertos no dia seguinte, após uma denúncia anônima. Quando os policiais chegaram na casa, Hadley afirmou que os pais estavam fora da cidade, porém se mostrava “nervoso e em pânico”. Os pais do garoto estavam trancados no quarto e cobertos por diversos itens, como livros, fotos e toalhas.

A polícia acredita que os convites do Facebook foram enviados antes do ocorrido, que aconteceu na tarde de sábado. Entretanto, ainda não se sabe a hora exata do assassinato. O garoto já tinha sido expulso da escola e enfrentava um processo judicial por atropelar uma criança com o carro pertencente ao pai.

Apesar de ser menor, Tyler Hadley será julgado como adulto por duas acusações de assassinato em primeiro grau. Ele não teve direito à fiança e continuará preso até o final do processo.

Cupons de desconto TecMundo: