Faz algum tempo que notícias sobre bitcoins não causam barulho na internet. Não que esta da Microsoft possa fazer isso, mas tem potencial: a empresa de Bill Gates está flertando com essa moeda alternativa e pode ter seus próprios bitcoins em algum momento do futuro. A companhia lançou, junto a uma startup dos EUA chamada ConsensYs, uma plataforma que permite a instituições financeiras experimentarem, de forma barata e fácil, a tecnologia por trás dos bitcoins.

Basicamente, a plataforma funciona como uma espécie de hub, enorme e descentralizado, de cada transação de bitcoin, que é verificada e compartilhada por uma rede global de computadores, o que busca assegurar um sistema virtualmente à prova de invasões.

Conhecida como “blockchain”, a tecnologia da startup não se limita a bitcoins e pode ser utilizada para garantir e validar a troca de quaisquer dados. Atualmente, outras companhias estão construindo seus próprios blockchains que oferecem recursos adicionais ao bitcoin original. Uma dessas empresas é a Ethereum, que construiu uma plataforma completamente programável, a mesma adotada pela Microsoft e a ConsensYs.

Plataforma estará disponível a bancos e seguradoras

A proposta da startup estará disponível a bancos e empresas de seguro que já utilizam a Azure, plataforma baseada em nuvem da Microsoft. A companhia disse que quatro grandes instituições globais já se colocaram à disposição do serviço.

O diretor de estratégias de tecnologia para serviços financeiros da Microsoft, Marley Gray, explicou as dificuldades iniciais e o alto preço de se criar algo assim, mas disse que, no atual contexto, isso é possível. “Trabalhar com nossos clientes que queriam começar a brincar com a tecnologia blockchain... O maior ponto negativo que ouvíamos deles era que ficava muito difícil começar e muito caro. (...) A plataforma está oferecendo um modelo que falha rapidamente em empresas”, opinou o executivo. Gray disse que a tecnologia permitiria que empresas criassem suas próprias blockchains.

Será que, diante desse cenário, podemos ver um futuro em que a Microsoft terá seus próprios bitcoins? Só o tempo dirá.

O que você acha da Microsoft flertando com o mercado de bitcoins? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: