Está aí sua chance de entrar no mercado de Bitcoins de uma maneira simples e pouco trabalhosa: uma startup chamada simplesmente de 21 revelou que pretende lançar chips de mineração de Bitcoins para seu celular, que virá com o nome de 21 BitShare.

Segundo o site Medium, a ideia é adicionar um aparelho que pode ser utilizado em qualquer smartphone ou dispositivo conectado à internet, funcionando como um chip autônomo (ou mesmo sendo integrado a qualquer chip existente). De resto, não é segredo – o chip funciona como promete, minerando Bitcoins sem que você precise fazer nada.

Antes que você comece a pensar que vai ficar rico, porém, é melhor ir com calma. Isso porque, como já comentamos em várias de nossas matérias, um smartphone não tem poder de processamento suficiente para minerar novas Bitcoins a grande velocidade (afinal, atualmente estão utilizando fazendas de super computadores só para essa tarefa).

Mais do que conseguir dinheiro

Mas essa, de fato, não é a proposta da 21. O que a empresa pretende, com isso, é criar uma nova maneira sobre como utilizamos nossos pagamentos – mais exatamente, um novo protocolo para os usos industriais do Bitcoin através da mineração.

Balaji S. Srinivasan, presidente da 21, explica melhor: “Historicamente, tem sido difícil fazer as pessoas pegarem seus cartões de crédito para comprar coisas online, particularmente em dispositivos móveis. O custo fixo da inscrição, sozinho, excede o benefício para a vasta maioria dos sites. Uma corrente continuamente reposta de moeda digital em seu dispositivo gerada por um chip 21 BitShare pode mudar tudo isso.”

E esse é apenas um dos usos citados por eles. Possibilidades como a descentralização da autenticação de aparelhos, o uso dos Bitcoins para o pagamento de seus próprios serviços e até mesmo para o subsídio de dispositivos em países em desenvolvimento, são algumas das ideias. Todas, convenhamos, parecem bastante promissoras – resta agora aguardar para ver se essa proposta realmente vai cumprir tudo o que promete.

Cupons de desconto TecMundo: