Você se lembra do caso da recente descoberta do suposto criador do Bitcoin? Pois bem, mal esses rumores foram revelados e Satoshi Nakamoto veio a público negar completamente tais fatos. Cansado da atenção da mídia que a notícia atraiu nesse pouco tempo, ele afirmou várias vezes: “Eu não tenho nada a ver com isso”.

Segundo o anúncio feito no site The Associated Press, Nakamoto disse que muitas informações sobre sua vida trazidas na reportagem da Newsweek estão corretas. Mesmo assim, ele afirmou nunca ter ouvido falar das Bitcoins até cerca de três anos, através de seu filho; o jornalista que o questionou sobre o assunto, de fato, relatou que o ex-engenheiro chamou a moeda de “Bitcom” com frequência, o que indica pouco conhecimento sobre o assunto.

Quem está falando a verdade?

Vale notar também que um dos pontos mais importantes da entrevista feita pela Newsweek – o momento em que ele afirmou que “não estou mais envolvido e que não posso discutir sobre isso” – parece ter sido um enorme mal-entendido.

(Fonte da imagem: Reprodução/The Associated Press)

A declaração foi apenas um efeito de sua habilidade não tão boa com a língua inglesa: na verdade, Nakamoto queria dizer que não estava mais envolvido no ramo de engenharia. E, mesmo se estivesse, uma série de contratos o impediriam de revelar quaisquer informações para outras pessoas (algo bastante comum para quem trabalha na área).

Do outro lado da moeda, a jornalista encarregada da “investigação” sobre a verdadeira identidade do fundador do Bitcoin ainda mantém sua história. “Eu me afirmo completamente de minha troca com o Sr. Nakamoto. Não houve qualquer confusão sobre o contexto de nossa conversa – e seu reconhecimento em seu envolvimento na bitcoin”, disse Leah McGrath Goodman.

Visto que ambos os lados mantêm-se firmes em seus lados da história, a grande dúvida que fica é: qual deles está realmente falando a verdade? Parece que esse polêmico caso ainda está longe de ser resolvido.

Cupons de desconto TecMundo: