O mercado de moedas digitais está crescendo e, com isso, os preços delas também sobem. Atualmente, as criptomoedas ultrapassam os 30 bilhões de dólares pela primeira vez na História! O Bitcoin (BTC), por exemplo, chegou à casa dos R$ 5 mil no site MercadoBitcoin. Com o mesmo valor, daria para comprar pouco mais de 39 gramas de ouro.

O preço é o mais alto da história da moeda, a mais conhecida no meio online. Contudo, existem outras opções que são mais baratas e, consequentemente, menos conhecidas ou usadas. É o caso do Litecoin (LTC), que está sendo negociado por R$ 50, o maior valor desde março de 2014.

Existem centenas de outras criptomoedas sendo comercializadas em diferentes plataformas no mundo. O site CoinMarketCap, por exemplo, faz o ranking dessas transações. A lista conta com mais de 700 delas atualmente.

Essa alta generalizada é atribuída a diversos fatores, como os avanços técnicos que estão ocorrendo nas principais moedas, que possibilitam que o número de pagamentos seja maior, ou mesmo que a tecnologia de armazenamento de dados, conhecida como blockchain, seja usada em outras áreas, como seguros e registro de propriedades.

Os brasileiros que desejam comprar moedas diferentes normalmente adquirem Bitcoins ou Litecoins no país, enviam para alguma plataforma do exterior e as convertem em outras moedas. A segunda mais negociada é a Ethereum (ETH).

Normalmente você faz transações digitais com essa forma de pagamento? Com a alta resolveu escolher outra criptomoeda? Conte para nós na seção de comentários!

...

E se o TecMundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no TecSpot e saiba tudo em primeira mão!

Cupons de desconto TecMundo: