Você pode achar que a moeda virtual Bitcoin passará longe das declarações e tributações oficiais do governo, porém a Receita Federal quer que você declare a quantidade de qualquer criptomoeda que possua.

Apesar de não considerar as moedas de forma oficial, o fisco determina que a quantia deve ser descrita como outro ativo financeiro – de maneira oficial, como “outros bens e direitos” no programa do IRPF.

Para ajudar você a declarar suas quantias de moedas digitais, o TecMundo preparou um pequeno .

Antes de começar, você deve prestar atenção aos valores. Só deve declarar como “outros bens” posses em criptomoedas cujo valor seja entre R$ 1 mil e R$ 35 mil. Montantes superiores a R$ 35 mil devem recolher 15% de imposto sob o ganho de capital.

Declarando suas moedas

Para declarar a posse dos Bitcoins, basta acessar o programa do IRPF 2017, abrir a opção “Bens e direitos”, que fica dentro das “Fichas da declaração”. Clique em “Novo”.

No campo do “Código”, insira a opção “99 – Outros bens e direitos”. Na caixa “Descriminação”, coloque a quantidade de moedas que você possui. Por não existir uma cotação padrão considerada oficial, é possível usar os valores determinados por quaisquer mercados de moedas digitais.

Segundo o guia de perguntas e respostas da instituição, as criptomoedas têm de ser declaradas pelo valor de aquisição.

Lembre-se: para incluir seus ganhos no Imposto de Renda, é preciso comprovar as operações com uma documentação, então guarde seus extratos de transações digitais.

Para tirar mais dúvidas sobre moedas digitais e o fisco, você pode conferir o site da Receita Federal neste link.

Cupons de desconto TecMundo: