O ano virou e 2017 começou com um aumento de 2,5% no valor do bitcoin, segundo o câmbio Bitstamp da criptomoeda na Europa, atingindo o valor de US$ 1.022, cerca de R$ 3.340. Esse é o preço mais alto apresentado pela moeda desde o mês de dezembro de 2013, quando chegou a valer mais de US$ 1,1 mil.

Durante todo o ano passado, o bitcoin teve 125% de valorização, principalmente pela alta demanda chinesa da criptomoeda

Durante os últimos anos, o valor do bitcoin tem se apresentado mais estável. Em 2016, suas maiores flutuações diárias não passaram de 10%. Apesar de alta, a porcentagem nem se compara às quedas ou aos aumentos de até 40% apresentados em 2013. Durante todo o ano passado, o bitcoin teve 125% de valorização, principalmente pela alta demanda chinesa da criptomoeda ocasionada pela queda de 7% no yuan, a moeda oficial da China.

Dinheiro digital

O bitcoin é usado para realizar transferências de valores entre países sem o controle de autoridades, o que torna o manuseio mais rápido e mais discreto. Ainda um pouco longe de atingir o preço mais alto já registrado (US$ 1.163 em 2013), a quantidade de bitcoins em circulação aumenta vertiginosamente, com 12,5 unidades sendo adicionadas ao mercado a cada 10 minutos. Seu valor total somado, porém, bateu recorde: cerca de US$ 16 bilhões, em torno de R$ 52,3 bilhões.

Cupons de desconto TecMundo: