O Natal vem chegando e, se você quer presentear alguém com algo que não seja uma caneca ou um par de meias, talvez o Roboroach seja uma ótima alternativa. Basta que a pessoa que vá recebê-lo não deteste baratas com todas as forças (para os que têm medo, fiquem atentos: mostraremos fotos abaixo).

O Roboroach é um kit desenvolvido por uma empresa chamada Backyard Brains que permite, entre outras coisas, controlar uma barata através de um smartphone, como uma espécie de ciborgue. É a possibilidade de colocar em prática os conceitos de biotecnologia e aprender um pouco mais sobre como funciona o conceito de microestímulo da neurociência.

O produto não é barato: cada pacote com um controlador, uma bateria e três eletrodos sai por 99 dólares. Além disso, se você não é alguém que dispõe de "voluntárias" para seus experimentos, é possível comprar uma caixa com algumas baratas – que sai por 36 dólares com um "casal".

A grande questão é que, se não bastasse o preço, existe todo um procedimento cirúrgico necessário para fazer a mágica acontecer: você precisa implantar a unidade de controle nas costas do inseto e conectar os eletrodos. Com isso, você consegue controlar a barata para a direita ou para a esquerda graças ao microestímulo feito em suas antenas – mas tudo dura pouquíssimos minutos, já que o sistema neurológico acaba se adaptando.

Por outro lado, se for feito da forma correta, o inseto não sofre e poderá continuar sua vida normalmente depois da experiência. Embora pareça algo extremamente sádico e inútil (devido à duração), o pessoal da Backyard Brains insiste que o que importa mesmo é o aprendizado sobre cirurgia em insetos e o contato prático com conceitos de interfaces de estímulo neural – em outras palavras: pode ser melhor que um par de meias (ou não).

Cupons de desconto TecMundo: