A fábrica americana de tintas Sherwin-Williams desenvolveu uma tinta microbicida e bactericida chamada Paint Shield, que promete eliminar até 99,9% dos micróbios e bactérias mais comuns a afetar a saúde humana. Focos de Staphylococcus aureus, SARM(staphylococcus aureus resistente à meticilina), e. coli (escherichia coli), ERV (Enterococcus resistente à vancomicina) e enterobacter aerogenes, além de outros micro-organismos comuns morrem após duas horas de exposição à tinta.

Para que isso fosse possível, a empresa trabalhou lado a lado com cientistas especializados na cobertura de superfícies e microbiologistas. O material estará disponível em 590 cores, e apesar de ter sido pensado para uso em hospitais, escolas, ginásios e outros locais com grande circulação de público, servirá também no revestimento de ambientes domésticos. O produto estará disponível a partir do começo do ano que vem e seu efeito deve durar cerca de quatro anos.

De acordo com a companhia, a tinta é o primeiro material deste tipo a ser registrado junto à Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, e continua fazendo efeito mesmo depois de contaminado diversas vezes, desde que a parede seja mantida intacta. O ingrediente ativo de sua composição é o cloreto de benzalcônio, que pode ser encontrado em sprays desinfetantes, produtos de limpeza, antissépticos bucais e até descongestionantes nasais.

No entanto, aplicar a tinta em superfícies requer alguns cuidados, pois pode causar irritação severa nos olhos e na pele. E como já foi mencionado, o processo de eliminação de germes, micróbios e bactérias leva cerca de duas horas para eliminar quase totalmente esses micro-organismos. Ainda assim, a Sherwin-Williams espera que isso ajude a diminuir em grande escala os casos de infecções hospitalares e outros casos semelhantes.

Você costuma se preocupar com infecções por micro-organismos no seu cotidiano? Por quê? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: