Mal os leitores de digitais surgiram no mercado e parece que eles já estão ficando obsoletos. E o que vai tomar o lugar deles? Os leitores de íris, é claro. A novidade ganhou destaque no mercado com o lançamento dos Lumias 950 e 950 XL, e já temos novos aparelhos vindo com a tecnologia. E o mais importante: ele não deve se limitar apenas aos mais poderosos modelos disponíveis.

Tudo isso se deve ao Nubia Prague S, um smartphone Android de médio desempenho anunciado pela ZTE. O aparelho vem com tudo o que você pode esperar em um dispositivo focado no custo-benefício, trazendo um processador Snapdragon 615 octa-core, 3 GB RAM, uma tela Super AMOLED de 5,2 polegadas Full HD, 64 GB de armazenamento e câmeras traseira e frontal de  13 MP e 8 MP, respectivamente.

O que chama mais atenção, no entanto, é que o celular ignora completamente o leitor de digitais; no lugar disso, ele já promete trazer um leitor de íris. O mais curioso, como apontado pelo site WMPowerUser, é que essa decisão faz bastante sentido: embora tenha gerado reações mistas do público, ela é uma opção considerada mais barata e igualmente segura de travar seu aparelho.

É claro que, visto que esse é apenas o primeiro smartphone a trazer a tecnologia desde o Lumia 950, ainda não há como afirmar com total certeza que se trata de uma tendência para os próximos celulares do mercado. Mas, analisando todos os fatores, não seria nenhuma surpresa ver aparelhos com leitores de íris como algo comum.

Leitor de digitais vs leitor de íris: qual você acha melhor? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: