Já não é de hoje que os sistemas de senha vêm sendo considerados pouco eficientes, visto que são um sistema especialmente fácil de ser burlado. Outros métodos, entretanto, ainda se mostram um verdadeiro desafio contra hackers, na maioria das vezes, como é o caso dos leitores biométricos – e é nessa área que a Microsoft pretende investir mais no Windows 10.

Para isso, a empresa vai lançar um novo sistema, chamado de Microsoft Hello. Segundo o blog oficial do Windows, a ideia é adicionar o suporte a diversas alternativas de leitura biométrica para suas opções de login, dando cada vez menos foco às senhas clássicas. O projeto já está em desenvolvimento, em um trabalho conjunto entre a Microsoft e várias outras empresas.

Métodos listados incluem o reconhecimento por digitais, rosto e íris, sendo que todos ficam armazenados localmente no PC. E o melhor é que, por ser um programa que virá como padrão para os equipamentos, você tem uma experiência consistente, independente da fabricante de seu computador.

Alternativas para todos

Mas e se seu PC não tiver nenhum desses mecanismos? Não se preocupe, pois a empresa de Bill Gates pensou nisso e, para tal, está desenvolvendo uma ferramenta chamada “Passport”. Este consiste em um sistema de identificação em dois passos: depois de entrar sua senha, é preciso re-autenticar seu login usando um código PIN encriptado no próprio aparelho.

Se você gostou da ideia, é só esperar. Isso porque Scott Evans, o diretor de engenharia para computação pessoal da Microsoft, disse ter certeza de que o público que aderiu à plataforma cedo vai ter a chance de testar a ferramenta – quando isso vai acontecer, no entanto, é um mistério.

Cupons de desconto TecMundo: