Parece que o Galaxy S8 da Samsung deixou de ter um leitor de digitais direto na tela por muito pouco. A Synaptics acabou de anunciar a nova geração dos seus sensores biométricos mobile e comentou que eles podem ser incorporados em uma série de superfícies, incluindo vidro, cerâmica e uma diversidade de polímeros. Ela indicou ainda que o leitor pode ser inserido diretamente no vidro da tela, na mesma posição dos botões de navegação do Android, em até duas posições.

O comunicado à imprensa da empresa não é tão claro quanto poderia, mas ele parece indicar que as fabricantes de smartphones poderiam incorporar um leitor de digitais sobreposto ao botão home, por exemplo, e ainda manter esse elemento como um botão de software. O quão translúcida seria a área afetada, entretanto, é um mistério.

Para desbloquear um smartphone com os novos sensores, a pessoa só teria que tocar na tela

De qualquer forma, para desbloquear um smartphone com os novos sensores FS4600 da Synaptics, a pessoa só teria que tocar na tela, onde estaria indicado o botão home ou algum outro elemento de software à escolha da fabricante. Seria possível inclusive colocar o leitor em até duas posições na mesma tela, o que tornaria o uso de ponta cabeça funcional inclusive com biometria.

Foi anunciado que a fabricante estará pronta para enviar amostras desses componentes para "empresas que produzem smartphones"até o fim do segundo trimestre deste ano. Eles entram em produção em massa no terceiro trimestre de 2017. Existe a suposição de que a Synaptics se refere a fabricantes de aparelhos Android pela referência às teclas virtuais de navegação do Robô, ausentes no iOS, por exemplo.

Galaxy Note 8?

Com isso, smartphones programados para lançamento no fim do ano já poderiam contar com o recurso. Podemos imaginar que a Samsung estaria bem ansiosa por algo desse tipo, já que a empresa foi forçada a colocar seu leitor de digitais na parte de trás porque a “tecnologia de biometria não teria evoluído o quanto se esperava a tempo do lançamento do Galaxy S8”. Como os Galaxy Note chegam entre o terceiro e o quatro trimestre de cada ano, podemos esperar que a Samsung talvez seja a primeira a trazer os sensores biométricos da Synaptics para o mercado com o Note 8.

Além de funcionar direto na tela, esses componentes também poderão ser incorporados na parte traseira e nas laterais de qualquer celular, dando mais liberdade aos designers na hora de construir um novo smartphone.

Cupons de desconto TecMundo: