(Fonte da imagem: Reprodução/Bing)

Quando o Bing foi lançado, em 2009, Steve Ballmer (CEO da Microsoft) revelou ao mundo que gostava do nome de seu serviço pois ele seria fácil de ser transformado em um verbo – “bing it”, ou “Bingar”. Mas a verdade é que, três anos depois, as pessoas ainda preferem usar o verbo do principal concorrente do Bing, o Google. Por isso, as pessoas “Google it” (googlam).

Até mesmo na Microsoft isso acontece. Adam Sohn (um dos principais engenheiros de software do Bing e executivo da Microsoft) revelou ao site Fast Company que isso não incomoda, até mesmo porque as pessoas costumam se referir ao verbo do Google e utilizam o Bing. Ele diz ainda que é questão e tempo até as pessoas se acostumarem aos nomes corretos.

Sohn aproveitou a entrevista para dizer que as pessoas têm o costume de se referir ao Google porque se acostumaram. Ele compara o caso aos lenços de papel, que nos Estados Unidos são chamados de Kleenex até hoje – essa é a principal marca de lenços por lá –, mesmo quando se trata de outra marca.

Fonte: Fast Company

Cupons de desconto TecMundo: