(Fonte da imagem: Reprodução/Bing Maps)

Apesar de o Google já ser referência também em termos de mapas online, a Microsoft não deixa de investir em seu serviço de localização. Tanto que, na última semana, a companhia adicionou nada menos do que 215 TB de imagens ao modo Bird’s Eye do Bing Maps.

Essa não é a primeira grande atualização que a Microsoft traz ao seu sistema. Em junho, um lote de 165 TB foi adicionado, ampliando as localidades em que a visualização via satélite por um ângulo diferenciado está disponível. Desta vez, no entanto, o grande foco da Microsoft foi na Ásia e na Europa, além de alguns países da Oceania. A imagem acima, por exemplo, é da famosa Torre de Tóquio, no Japão.

De acordo com o site Slash Gear, o pacote de 215 TB traz o equivalente a uma área de 229.990 quilômetros quadrados, ampliando consideravelmente a área de atuação do Bird’s Eye no Bing Maps.

No entanto, mesmo assim, o Brasil continua de fora das imagens mais próximas que o recurso oferece. Uma rápida busca na página pelas principais cidades do país, como São Paulo e Rio de Janeiro, mostra que temos apenas a clássica exibição de fotos de satélite — e em baixa qualidade. Por enquanto, só nos resta esperar que tenhamos o mesmo tratamento que Tóquio ou Sidney em breve.

Fonte: Slash Gear

Cupons de desconto TecMundo: