(Fonte da imagem: Reprodução/CBS)

Depois de ter criado nada menos a Microsoft, a maior fabricante de softwares do mundo, Bill Gates não precisava fazer mais nada de sua vida. Dono de uma fortuna de bilhões de dólares, ele poderia passar o resto da vida gastando o dinheiro que acumulou sem nunca ter que se preocupar em trabalhar novamente.

Porém, Gates continua uma figura ativa no mundo dos negócios, sendo o responsável por uma fundação que desempenha diversos trabalhos sociais. Em uma entrevista À CBS, o ex-CEO da Microsoft afirma que sua inspiração para continuar ativo é fruto de um manuscrito escrito por Leonardo Da Vinci adquirido pelo valor nada modesto de US$ 30,8 milhões.

“É uma inspiração, uma pessoa que continuou seu trabalho mesmo sem nenhuma resposta positiva, que descobriu que o conhecimento por si só é uma coisa maravilhosa”, declarou ele. Gates finaliza dizendo que é justamente essa habilidade que Da Vinci tinha de pensar à frente de seu tempo que serve como combustível para que ele continue investindo em novas ideias e projetos.

Cupons de desconto TecMundo: