Sucesso do Kickstarter: testamos a Halfbike, projeto maluco que deu certo

1 min de leitura
Imagem de: Sucesso do Kickstarter: testamos a Halfbike, projeto maluco que deu certo
Avatar do autor

O Kickstarter já foi responsável por lançar diversos produtos inusitados, e o TecMundo contribuiu para o financiamento de mais um deles, a Halfbike. O resultado desse projeto é uma bicicleta maluca que é muito difícil de controlar.

A ideia foi um sucesso e acumulou quase 1 milhão de dólares no Kickstarter, tornando-se realidade para os apoiadores do projeto. Confira agora o que achamos dessa bicicleta insana.

Como é andar nela?

Parece fácil andar na Halfbike, mas na verdade não é. Mesmo tendo três rodas, até mesmo ficar parado sobre ela não é uma tarefa simples. Isso acontece porque o equilíbrio está concentrado nas rodas traseiras, que se inclinam de acordo com a ação de molas. É dessa forma que a Halfbike faz curvas.

Ao montar nela e ganhar alguma velocidade, intuitivamente tentamos girar o guidão. No entanto ele é fixo, e é preciso se inclinar para mudar de direção. A Halfbike se assemelha um pouco a uma bicicleta tradicional, com pedais, corrente e freio, mas não há quadro nem selim para sentar. Ela ainda pode ser dobrada para ocupar menos espaço na hora de guardar.

Vale a pena?

A Halfbike chegou para ser um meio de transporte alternativo e está em sua segunda versão. Ela funciona muito bem, embora leve um tempo para pegar a prática. No site da fabricante, o modelo básico pode ser adquirido por 600 dólares mais taxa de importação.

Isso significa mais de 2 mil reais de acordo com a cotação atual. Esse é um valor um pouco salgado para a maioria, o que deve afastar os entusiastas. Com tantas alternativas para mobilidade urbana, a Halfbike chega como uma opção interessante, mas pouco acessível para os consumidores.

Você já comprou algum produto no Kickstarter? Comente no Fórum do TecMundo!

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Sucesso do Kickstarter: testamos a Halfbike, projeto maluco que deu certo