O vídeo postado acima exibe o que parece ser o futuro das roupas de proteção dedicadas a ciclistas. Sob o nome de ITD ProTec Bikewear Technology, o tecido demonstrado mostra-se capaz de resistir de forma notável à fricção. Criado originalmente pela companhia Schoeller Textiles, mas agora sob a coordenação da empresa Scott, o projeto pretende consolidar-se como referência no setor de equipamentos de segurança a quem faz uso do modal.

Desenvolvido a partir de uma liga composta por fibras de carbono e cerâmica, o tecido é leve e permite que áreas dobráveis sejam moldadas. Ao ser pressionado contra uma lixadeira, um balão envolto pelo pano que faz uso da nova tecnologia não explode – nos primeiros instantes do experimento, uma bexiga é enrolada por um tecido tradicional; a sensível superfície do objeto de borracha resiste por rápidos 2 segundos.

A criação do componente leva naturalmente em conta os corriqueiros acidentes sofridos por quem anda de bicicleta: escoriações causadas a partir do atrito entre pele e asfalto são bastante comuns quando ciclistas vão ao chão. Importante mencionar que apenas algumas partes de camisas e calções deverão contar com áreas encapadas com a fibra de carbono e cerâmica.

O lançamento da tecnologia ITD ProTec Bikewear está previsto para 2015. Estima-se que o preço de camisetas não deverá passar de US$ 125; shorts para ciclistas poderão ser adquiridos por US$ 145.