Com cada vez mais bicicletas circulando em meio ao trânsito em todo o mundo, é claro que o tema segurança tem sido trazido à tona de forma muito mais frequente, com a tecnologia sendo uma das principais armas para evitar acidentes entre motoristas e adeptos de uma boa pedalada. A mais recente dessas soluções é um projeto chamado Rider Tech, que oferece uma série de LEDs que podem ser acoplados ao capacete dos ciclistas para fazer o mesmo papel dos indicadores luminosos dos carros.

Partindo do princípio que quem escolhe a bicicleta como meio de transporte não quer se preocupar com fios ou qualquer fonte de energia extra, o kit sendo desenvolvido por uma empresa de Miami, na Flórida, trabalha de forma inteiramente wireless. Basta anexar o painel no seu capacete e instalar um pequeno controle no guidão da bike para que ambos conversem entre si por meio de uma rede sem fio na frequência de 2,4 GHz.

O dispositivo permite que você saiba qualquer mudança no trajeto dos ciclistas à sua frente

Assim que tudo estiver devidamente ajustado, basta tocar nos botões do centro de comando para indicar se você vai fazer uma curva, parar ou dobrar a esquina – com o conjunto de 30 LEDs se dividindo entre as funções de seta e iluminação traseira. Todo esse pacote pode ser instalado e colocado em funcionamento em questão de minutos e é resistente a água, poeira e todo tipo de condição de clima, recebendo o certificado IPX55 para esse propósito.

Segundo a fabricante, o Rider Tech trabalha com uma bateria interna que tem no mínimo sete horas de autonomia, pode ser recarregada via cabo USB em três horas e é extremamente leve é portátil. Por enquanto, o gadget ainda está buscando apoiadores no Kickstarter, pedindo US$ 10 mil (R$ 30,6 mil) até o dia 24 de março para ser financiado, com um preço mínimo de US$ 29 (R$ 88,91) para que você leve um exemplar com 50% de desconto para casa. Se a empreitada der certo, as primeiras unidades do produto devem ser enviadas no mês de julho.