A Beats é bem conhecida aqui no Brasil. Esta empresa que assina alguns dos mais desejados headphones do mercado foi comprada pela Apple no final do ano passado, e isso gerou uma transação de grandes quantias. Mas nem tudo são flores na história da fabricante! Nesta semana, uma companhia chamada Monster — também dedicada ao mercado de fones de alta qualidade — moveu uma ação contra a Beats por fraude.

A Monster possuía um acordo financeiro com a Beats, pois a fabricação dos famosos “Beats by Dr. Dre” seriam uma produção conjunta entre as duas. O problema é que em 2011 a HTC adquiriu 51% das ações da Beats e nesse processo a Monster foi completamente excluída das participações — sendo que algum tempo depois a própria Beats recomprou parte dos papéis.

Segundo a Monster — responsável pela ação judicial —, essa transação teria acontecido apenas para que a sua participação fosse reduzida e a Beats passasse a ter controle total sobre o portfólio que as duas teriam criado em conjunto. Com isso, os lucros do sucesso comercial que foi conseguido depois e também da venda para a Apple seriam aproveitados apenas pela Beats.

Por causa disso tudo, a Monster afirma que a compra das ações da Beats pela HTC foram apenas de fachada, o que configuraria fraude. Mais do que isso: um relatório da Beats lançado em 2013 afirmaria que não haveria qualquer liquidez por dois anos. A Monster diz que isso levou os executivos a venderem parte de suas ações, perdendo muito dinheiro nas recentes transações.

Cupons de desconto TecMundo: