Esquema da bateria de grafeno

(Fonte da imagem: RSC)

Pesquisadores do KAIST (Korea Advanced Institute of Science and Technology) estão desenvolvendo uma bateria flexível, que pode ser usada em diversos aparelhos eletrônicos, ampliando inclusive as possibilidades para criações que se utilizam de telas dobráveis.

Para isso, os cientistas criaram um eletrodo híbrido baseado no grafeno, produzindo assim uma bateria “dobrável” e recarregável. O cátodo (V2O5) foi criado na placa de grafeno utilizando reposição por pulso em laser, enquanto o ânodo foi encoberto por uma capa de lítio. O resultado é um dispositivo que pode ser dobrado e até mesmo enrolado sem maiores problemas.

De acordo com as pesquisas, a nova bateria traz um desempenho ainda melhor do que as existentes no mercado, trazendo mais densidade energética, potência e melhor ciclo de vida. O próximo passo é estender a performance da novidade, usando outros polímeros na composição.

Além de baterias, os pesquisadores acreditam que a tecnologia pode ser usada em telas que trazem a tecnologia OLED, catalisadores e dispositivos fotovoltaicos (células solares) e diodos que emitem luz orgânica.

Cupons de desconto TecMundo: