O mais recente lançamento da Motorola tem um monte de especificações impressionantes, mas certamente a que mais chama a atenção é a sua imensa bateria de 3.900 mAh. A Motorola diz que o aparelho consegue ficar dois dias longe das tomadas mesmo sob uso intenso. Acontece que essa característica marcante do Moto Maxx está ameaçada pelo Gionee Marathon M3.

Esse dispositivo chinês não tem especificações tão avançadas quanto às do aparelho da Motorola, mas sua bateria deixa qualquer smartphone comendo poeira. São nada menos que 5.000 mAh. Não há registros oficiais, mas é bem provável que este seja o aparelho com tamanho de smartphone com maior capacidade de bateria atualmente. Phablets não contam.

Não é tão gordinho assim

Mesmo com uma bateria desse tamanho, ele não é tão mais grosso que demais intermediários, medindo 10,4 mm nessa dimensão. Sua tela é de 5,0’’, portanto menor que a do Moto Maxx, também conhecido como DROID Turbo.

Esse aparelho custa algo em torno de R$ 530 na Índia e é um intermediário declarado. Assim, com componentes internos menos exigentes, essa enorme bateria pode durar por muito tempo. A fabricante diz que ele fica até 51 horas seguidas em uma chamada de voz em redes 2G e até 46 horas em redes 3G.

Confira as especificações

  • SO: Android 4.4.4 KitKat
  • Processador: MediaTek quad-core 1,3 GHz
  • GPU: Mali 450 MP
  • RAM: 1 GB
  • Tela: 5’’ HD (1280x720) IPS
  • Armazenamento: 8 GB + micro SDXC de até 128 GB
  • Câmeras: traseira de 8 MP com flash e frontal de 2 MP
  • Conectividade: 2G, 3G, WiFi a/b/g/n, Bluetooth 4.0, micro USB com OTG
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Dimensões e peso: 144,5 x 71,45 x 10,4mm e 180,29 g
  • Extras: Rádio FM e dual-SIM

Cupons de desconto TecMundo: