Pesquisadoras testam eficácia das baterias com silício (Fonte da imagem: Reprodução/Rice University)

Pesquisadores da Rice University anunciaram uma descoberta que poderia mudar o mercado de tecnologia: adicionar silício triturado a uma bateria de lítio pode fazer com que a energia dure mais de três vezes do que o normal. A boa noticia é que o sistema é muito simples de fazer e incrivelmente barato.

O silício triturado aumentaria a capacidade das baterias em reter energia. No entanto, para a mesma função atualmente é usado o grafite, por ser muito barato e funcionar relativamente bem. Para a indústria, o silício é ainda mais barato. Segundo o Dvice, 28% da crosta terrestre é constituída de silício, tornando este o segundo elemento mais abundante na crosta da Terra depois do oxigênio.

Colocar o silício esmagado dentro de uma bateria permite que o elemento tenha espaço o suficiente para expandir durante seu funcionamento, garantindo que a bateria não exploda. Ainda segundo o artigo do Dvice, é possível que a tecnologia não demore tanto para chegar ao mercado, já que a ideia é simples de adaptar aos processos de fabricação atual, é barata e muito superior ao sistema existente atualmente.

Cupons de desconto TecMundo: