Andar em um hidroplano da categoria H1 deve ser uma das coisas mais aterrorizantes do planeta. E divertido... Mas ainda assim aterrorizante. 

É a receita perfeita para quem já não tem mais nada a perder na vida: pegue um barco relativamente leve e que parece um F1 das águas e coloque uma turbina de helicóptero para impulsioná-lo – porque um motor extremamente potente deve ser algo muito convencional. Aí é só atingir mais de 250 km/h sobre uma superfície totalmente instável e voilà!

Realmente, uma ótima ideia... Pelo menos até alguma coisa dar errado e você lançado aos ares e bater na água de novo como se estivesse dando de frente com uma parede.

Voar, voar... Subir, subir

A maior parte dos barcos utiliza uma turbina Lycoming T55, a mesma do helicóptero militar CH-47 Chinook. Os recordes de velocidade são absurdos: a maior velocidade registrada sobre a água foi de 552 km/h e a marca foi estabelecida em 1978 por Ken Warby. Para a surpresa de ninguém, algumas pessoas já morreram tentando quebrar o recorde desde então.

Pensando bem... Prefiro continuar com as motos.

Quer receber notícias de tecnologia e veículos no seu Facebook? Então não deixe de curtir a página do TecMundo Auto!