Banda larga fixa registra queda de assinantes pela primeira vez desde 2013

1 min de leitura
Imagem de: Banda larga fixa registra queda de assinantes pela primeira vez desde 2013
Avatar do autor

A Anatel divulgou na última quinta-feira (21) que, pela primeira vez desde 2013, houve uma queda nas assinaturas de banda larga fixa dentro do território brasileiro. Segundo a organização, atualmente há 25.434.093 acessos do tipo dentro do país, o que representa 49.220 desligamentos em relação ao número registrado em outubro de 2015 — a pesquisa se refere ao mês de novembro do mesmo ano.

Segundo a agência, os principais prejudicados foram os provedores regionais, que terminaram o mês com 2,25 milhões de usuários e uma participação de mercado de 8,88% (em relação aos 9,11% do mês anterior). Quem mais registrou quedas de assinantes foram as empresas que fornecem serviços baseados em rádio.

Entre as grandes, a Telefônica registrou o maior número de desligamentos — 21.515 —, mas ainda detém uma participação de mercado de 28,9%, o que a posiciona como uma das líderes do segmento. Já a Oi registrou o quarto mês seguido de quedas de assinantes, mas ainda mantém a preferência de 25,1% dos consumidores.

O grupo com maior participação é a Telecom Americas (Claro, NET e Embratel), que ganhou 24.030 clientes em novembro e encerrou o mês com 31,82% do mercado. No entanto, as companhias que mais se beneficiaram no período foram a Sky, TIM e o grupo Algar, que conseguiram atrair a atenção dos consumidores com a oferta de conexões móveis e planos LTE de alta velocidade.

Você costuma usar banda larga fixa ou migrou para os planos móveis? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Banda larga fixa registra queda de assinantes pela primeira vez desde 2013